14 DE MARÇO: DIA NACIONAL DA POESIA E ANIVERSÁRIO DE CASTRO ALVES - A VIDA DE CASTRO ALVES EM VÍDEO-AULA

AUTO-RETRATO
Duas grandes comemorações marcam o dia 14 de março: no Brasil, comemora-se o Dia Nacional da Poesia e o aniversário do grande poeta Castro Alves (1847-1871).

A literatura de Castro Alves é o tema dessa vídeo-aula. Destaque para um dos poemas mais importantes do poeta: Navio Negreiro.








Fonte: iBahia


MOÇÃO DE PESAR PELO FALECIMENTO DE SEBASTIÃO SAMPAIO BANDEIRA, PAI DO NOSSO CONFRADE MARCOS ANTÔNIO SANTOS BANDEIRA





MOÇÃO DE PESAR


É com enorme consternação que os membros da Academia de Letras de Itabuna - ALITA, recebem a notícia do falecimento do Sr. Sebastião Sampaio Bandeira, pai do confrade e ex-presidente desta casa Marcos Antônio Santos Bandeira, e por essa razão, externam os mais profundos sentimentos de pesar à família.  




 


NOVOS TEXTOS NA PÁGINA DOS AUTORES ALITANOS






PROSA


Ceres Marylise - RACIONALIDADE E LIVRE ARBÍTRIO  
                    

Cyro de Mattos - CARNAVAL


Gideon Rosa - A FLORESTA DAS ÁRVORES CENTENÁRIAS  


Marcos Bandeira - A VIOLÊNCIA E A SAÚDE PÚBLICA


Raquel Rocha - ENTREVISTAS



                       - PRIMEIRO DIA DE AULA DE LUNNA


Sônia Maron  - O MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO DE JANEIRO DEU A 

                         PARTIDA  

                         
                      -  MINHA POBRE BUERAREMA



POESIA 



Florisvaldo Mattos  -  TARDE DE AGOSTO - A Sosígenes Costa, in memoriam






8 DE MARÇO - DIA INTERNACIONAL DA MULHER


                                                                            


Nesta data escolhida para homenagear as mulheres, fazemos um convite à reflexão. Há muitas e diversas mulheres diferentes em raças, etnias,  idades e classes sociais que contribuíram e contribuem para o crescimento e o desenvolvimento de nosso país. Não aproveitar essas contribuições significa falta de visão política e humana. É retardar os avanços em direção a um desenvolvimento social da maior amplitude.

Mulheres precisam ter oportunidades e direitos iguais e respeitados. Como afirma a filósofa Hannah Arendt, “a essência dos direitos humanos é o direito de ter direitos”. Para que isso se concretize, é necessário que olhemos essa diversidade, considerá-la, reconhecê-la e respeitá-la. Só assim poderemos viver em um mundo mais justo e igualitário.

A Academia de Letras de Itabuna - ALITA, nesta dia especial, homenageia todas as mulheres, em especial a grapiúna, tão honrosamente representada por valores que já se foram e se imortalizaram na memória de todos e àquelas que continuam enfrentando desafios e conquistando espaços enaltecendo nossa terra e nossa história.



 
2014

Foto de Dia Internacional da Mulher.



Logo na primeira vez em que foi indicada, Lupita Nyong'o derrotou grandes vencedoras do Oscar e faturou a primeira estatueta da carreira com a personagem Patsey, em "12 Anos de Escravidão".
No seu emocionante discurso, ela fez os agradecimentos de praxe, como para o diretor Steve McQueen e os atores Chiwetel Ejiofor e Michael Fassbender, mas também relembrou que o filme se trata de uma história real.

“Estar aqui me faz pensar que o momento mais feliz da minha vida veio após tanto sofrimento de Solomon [Northup, autor da história]. Solomon, obrigado por nos contar a sua história.”
Ela continuou: “Quando eu olho para esta estatueta, eu lembro de todas as criancinhas. A vocês, não importa onde vocês estejam, os seus sonhos podem se tornar realidade”.





  MULHERES QUE MUDARAM O RUMO DA HISTÓRIA DA HUMANIDADE


O assunto é polêmico, coberto de paixões e muitos podem até divergir desta minha lista, parcialmente ou totalmente. Claro que existem outras tantas que até seria difícil enumerá-las neste espaço, mas relacionei aqui aquelas que de alguma forma me tocam mais. Vamos a elas, então:

Cleópatra
É uma das mulheres mais conhecidas da história mundial por ter sido a intrigante rainha do Egito. Longe de ser apenas mulher fútil e entregue aos prazeres mundanos como muitos acreditam, Cleópatra foi uma grande negociante, estrategista militar, falava 6 idiomas e conhecia filosofia, ciências, literatura e artes gregas.

Joana D’arc
Ela foi uma importante personagem da História f rancesa, durante a Guerra dos Cem Anos , quando seu país enfrentou a rival Inglaterra. Desde criança ela tinha visões que a aconselhavam entrar para o exército. E assim ela o fez. Cortou o cabelo bem curto, vestiu-se como homem e foi lutar na guerra. Em 1430, foi capturada pelos borgonheses que a venderam para os ingleses. Acusada de praticar feitiçaria, foi condenada à morte na fogueira.Em 1920, foi transformada em santa da Igreja Católica.

Rainha Elizabeth I
Seu reinado foi considerado de paz e prosperidade, comercial e culturalmente. Ficou conhecida como “a rainha virgem” por nunca ter se casado. Governando um país dividido por questões religiosas, ela unificou a Inglaterra ao dominar a nobreza e afastar a Igreja do governo. Em 1588, abriu de vez o caminho para a Inglaterra se tornar a maior potência colonizadora do Novo Mundo. Para os ingleses, ela foi ótima. Já para os colonizados, nem tanto.

Marie Curie
A física polonesa Maria Skodowska Curie foi uma importante figura história da Ciência. Ela foi a primeira mulher a ganhar um prêmio Nobel, ao se destacar como pesquisadora dos fenômenos radioativos. Com ela, começa a se desenvolver de fato a pesquisa da energia atômica.

Golda Meir
Ela se dedicou à causa sionista e foi uma das fundadoras do Estado de Israel, em 1948. Pelas posições que adotou quando primeira-ministra, em 1969, foi taxada de a "dama de ferro", bem antes do termo ser adotado para descrever a ex-premiê britânica Margareth Thatcher.

Virginia Woolf
Ela fez parte do grupo de Bloomsbury, bairro londrino que servia de ponto de encontro para os intelectuais que questionavam as tradições literárias, políticas e sociais da era vitoriana, cujos maiores objetivos eram a verdade, liberdade de expressão, amor pela arte e respeito à individualidade. Além de ser uma das maiores escritoras de todos os tempos, Virginia Woolf é reconhecida também como autora de livros feministas. O primeiro e talvez o mais importante deles é “A Room of One's Own (Um Teto Todo Seu), escrito em 1929, baseado em palestras feitas pela autora em colégios para mulheres.

Coco Chanel
Gabrielle "Coco" Chanel revolucionou a década de 1920. Libertou a mulher daqueles trajes desconfortáveis e rígidos do final do século 19, ao estabelecer o conceito da roupa feminina funcional. Além de dar à mulher um novo look, ela cria a imagem da nova mulher do último século: independente, bem-sucedida, com personalidade e estilo.

Angela Davis
Ela foi uma das mais obstinadas combatentes da discriminação social e racial durante a década de 1970, nos Estados Unidos. Começou a sua militância política em 1969, quando era estudante universitária. Em 1970, Davis passou a fazer parte dos Panteras Negras, grupo político e social de combate ao racismo. Atualmente, ela é professora do Departamento de História da Universidade da Califórnia.


 


8 de março de 1857 - o início de tudo

129 operárias foram mortas carbonizadas dentro de uma fábrica têxtil em Nova Iorque onde trabalhavam, porque organizaram uma greve por melhores condições de trabalho e contra a jornada de doze horas.




ALGUMAS CONQUISTAS SIGNIFICATIVAS DAS MULHERES BRASILEIRAS

 

Conquista do direito de estudar o ensino superior

1879 
Brasil

As mulheres têm autorização do governo para estudar em instituições de ensino superior, mas as que seguiam este caminho eram criticadas pela sociedade.
                                                         

Foto

 

 

 

 

Primeira brasileira a receber um diploma de Medicina

1881 
Brasil

Maria Augusta Generosa Estrella (1860 - 1946) foi a primeira mulher do Brasil a receber um diploma de medicina, em Nova
Iorque, o que contribuiu para a abertura das faculdades às mulheres no Brasil.

Seu primeiro requerimento para prestar exames na New York Medical College and Hospital for Women não foi aceito, pois a idade mínima era de 18 anos e ela tinha apenas 16.

Mas Maria Augusta não desistiu e uma semana após enviar um segundo requerimento para expressar oralmente seus motivos, seu talento e inteligência foram reconhecidos e então ela foi aprovada.
 
Embora tenha se formado em 1879, Maria Augusta teve que esperar completar a maioridade, em 1881, para receber seu diploma. Ela ainda ganhou uma medalha de ouro pelo melhor desempenho durante o curso e por sua magnífica tese: Moléstias da Pele. 

Estreia da primeira maestrina nacional

1885
  
Brasil

Chiquinha Gonzaga estreia como maestrina. A primeira do país com a opereta " A Corte na Roça " e também dirige a banda da Polícia Militar.

 

 

 


Mulheres brasileiras conquistam o direito de votar



1932 


Brasil



O Governo de Getúlio Vargas promulgou o novo Código Eleitoral pelo Decreto nº 21.076, garantindo finalmente o direito de voto às mulheres brasileiras alfabetizadas.





 

 

 

Um dos destaques da psiquiatria brasileira

1933

Brasil


Foto













Nise da Silveira (1905 - 1999) foi uma importante personalidade da psiquiatria brasileira.Interessou-se pelo estudo das pinturas de seus pacientes, sendo estimulada pelo psiquiatra suíço e fundador da psicologia analítica: Carl Gustav Jung. Trouxe os estudos de Jung ao Brasil, tornando-se, assim, a pioneira da psicologia junguiana do país.

Aprovada aos 27 anos num concurso para psiquiatra, em 1933 começou a trabalhar no Serviço de Assistência a Psicopatas e Profilaxia Mental do Hospital da Praia Vermelha.

Dedicou sua vida à psiquiatria e manifestou-se radicalmente contrária às formas agressivas de tratamentos psiquiátricos de sua época, como o confinamento em hospitais psiquiátricos, eletrochoque, insulinoterapia e lobotomia

Durante a Intentona Comunista, após uma denúncia por ter livros marxistas, em 1936 foi presa durante 18 menes no presídio da Frei Caneca, onde conheceu Graciliano Ramos. Nisa Veio a ser uma das personagens do livro do autor: "Memórias do Cárcere".

Tamanho foi seu marco e importância que está sendo produzido um filme sobre sua jornada revolucionária, cujo nome será "Nise da Silveira - A senhora das imagens" e no qual a atriz Glória Pires a representará. O lançamento do longa está previsto para 2013.




 

 

Primeira mulher a ser diretora da Escola de Belas Artes

1952 
Brasil
Georgina de Albuquerque (1885-1962) foi pintora e professora. Uma das principais mulheres a se firmar como artista no início do século XX.
Em 1909, Georgina, com seu quadro Supremo Amor, conquistou menção honrosa no Salão Nacional de Belas Artes. A partir desse momento, seu talento passou a ser reconhecido no âmbito das artes nacionais.

Tamanha era sua importância para as artes, que, em 1952, assumiu a presidência da Escola de Belas Artes, a qual era extremamente conservadora e apresentava restrições até mesmo para as mulheres serem incluídas em seu corpo discente.

 

 

 

 


 

 

 

 

Nossa primeira deputada federal

 

1933 
Carlota Pereira de Queiroz foi eleita a primeira deputada federal do Brasil. 



Nossa primeira senadora

Brasil

Eunice Mafalda Michiles, nascida em São Paulo, torna-se a nossa primeira senadora. Em 1992, foi nomeada conselheira do Tribunal de Contas do Amazonas.


 

 

 

 

A Constituição Federal garante que homens e mulheres são iguais perante a lei

1988 
Brasil


Constituição Federal de 1988 (D. O. U., 05/10/1988)
Artigo 5º da Constituição Federal

Art. 5º.
Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição.


Primeira mulher eleita para a presidência da Academia Brasileira de Letras

1996 
Brasil

 

Nélida Cuiñas Piñon nasceu em 1937, no Rio de Janeiro, e é uma importante escritora brasileira. Em 1996 foi eleita Presidente da Academia Brasileira de Letras, tornando-se a primeira mulher a ocupar esse posto. Com suas inúmeras obras em 35 anos de carreira, já recebeu diversos prêmios, sendo o mais recente o Prêmio Príncipe de Astúrias – Letras, de 2005. Dentre todos os escritores brasileiros, Nélida Piñon é a primeira a recebê-lo.




Sancionada a Lei de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher

2006 
Brasil

Sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2006, a Lei Maria da Penha estabeleceu penas mais duras para os casos de agressão a mulheres, alterou o Código Penal e aumentou as formas de proteção às vítimas.

FARDA, FARDÃO, CAMISOLA DE DORMIR


        



         O fardão que o baiano Antônio Torres usará no dia 11 de abril, na cerimônia de posse como imortal na Academia Brasileira de Letras, está quase pronto. Depois de três meses de trabalho, que contou com a ajuda de 20 bordadeiras, o alfaiate Diógenes Cardoso mandou a conta para o governo da Bahia: R$68.000,00. Até aí, tudo bem. É praxe o estado natal do escritor bancar o fardão. Exceções, até hoje, somente Ivo Pitanguy e Cândido Mendes, que pagaram por seus trajes. 

        O problema do governo é achar uma forma legal de fazer a doação, porque a dificuldade, diz a assessoria do governo, é que não há uma rubrica para esse caso.

         Diógenes Cardoso é o único alfaiate habilitado para fazer o fardão da ABL

      A imortal Nélida Piñon, que já presidiu a casa, fará o discurso de entronização do novo imortal. Depois, será oferecido um coquetel no Petit Trianon.


Fonte: Revista MUITO do Jornal A TARDE



ACADEMIA DE LETRAS DE ILHÉUS REABRIRÁ SEUS TRABALHOS EM GRANDE ESTILO



A Academia de Letras de Ilhéus reabrirá os trabalhos acadêmicos no próximo dia 14 de março com a presença de membros da Academia de Letras de Brasília e com uma brilhante palestra da professora doutora Margarida Fahel que falará sobre o saudoso Adonias Filho que completará 99 anos de nascimento em 2014. Na oportunidade,o presidente Josevandro Nascimento saudará o empresário Roque Lemos pela grandiosa recuperação do espaço acadêmico.



A CICON Construtora está realizando reparos, pintura, troca de portas, recuperação do telhado, piso e substituição gesso do primeiro piso. O empresário Roque Lemos, ao lado de parceiros da construção civil, sensibilizado com nosso pedido, abraçou a reforma deste importante espaço de escuta da comunidade e de fomento da literatura baiana e nacional. As cadeiras também serão recuperadas com apoio do Colégio São Jorge dos Ilhéus. "Para nós é motivo de muita alegria ter a Academia bonita e agradável para todos que nos visitam, sobretudo, àqueles de outros estados e países," salientou o presidente.



A programação terá início às 17 horas, na Praça Castro Alves, com a colocação de uma corbélia no busto do poeta e recital poético sobre sua obra. O recital será aberto à estudantes dos ensinos fundamentais II, Ensino Médio e Ensino Superior. Para participar, os estudantes deverão se inscrever pelo e-mail: academiadeletrasdeilheus@gmail.com ou pelo telefone: 73.3231.1612, a partir do dia 01 de março. 



O quê? Abertura dos trabalhos acadêmicos da Academia de Letras de Ilhéus

Quando? Dia 14 de março (sexta-feira) de 2014

Que horas? A partir das 17h00

Onde? Às 17h00, na Praça Castro Alves e a partir das 18h30, na sede da Academia na Rua Antonio Lavigne de Lemos, 39, Centro, Ilhéus, Bahia.

Maiores informações: academiadeletrasdeilheus@gmail.com, ou pelo telefone: 73.3231.1612.