Descoberta


DESCOBERTA
Ruy Póvoas

À revelia de mim
(nem sequer me perguntou),
o tempo, sem piedade,
o meu rosto mapeou.
Desfolhou minha cabeça,
aumentou minha barriga,
diminuiu o meu fôlego,
aumentou minhas saudades,
mistura de mel e sal,
num travo de amargor.
Depois, devagarinho
(para que eu não percebesse),
me jogou num labirinto
e minha existência definhou.
E quando dei conta de mim
(descobri boquiaberto),
Senhor Tempo, espertamente,
fez de mim corpo cansado
e de um tecido amarrotado
me vestiu a fantasia
neste corpo de senhor.
(In: Verso Reverso - Editus - 2003)